Copenhagen – Dia 1 – DINAMARCA

20776382341_bb0ae83305_z

Copenhagen é capital da Dinamarca. Não é rica em chocolate, não tem nhá benta, chumbinho ou lajotinha. Tem muita bala de alcaçuz, marzipan e biscoito de farinha branca. Tem também muita torta de frutas, muitos frios maravilhosos e pães incríveis, com muitos grãos, como em todo o norte da Europa.

Os dinamarqueses gozam de uma vida boa, plena e de respeito de uns aos outros. Bicicletas, carros e pedestres convivem harmonicamente na cidade. Ninguém buzina ou joga o veículo em cima de você. Isso por si só já é uma experiência para quem vai da América Latina ao país

20760025292_15304138c5_z

Mas a cidade reserva mais. Um dos parques de diversão mais antigos do mundo, o Tivoli, abre diariamente. É lindo já só pelo passeio por dentro – você nem precisa andar em nenhum brinquedo. Aliás, são pagos à parte da entrada. E não são baratos, como nada na cidade é. Piora muito com o Real tão desvalorizado… :/

20148878203_6c3dbdb3d2_z

Mas a cidade é cenográfica. Não precisa gastar tanto para ver coisas bonitas. Basta passear a pé. Dá pra percorrê-la toda andando. Mas se você tiver um trocado, recomendo o passeio de barco pelos canais. É um passeio bem turístico, mas delicioso. E com o bônus de irem te contando sobre a história da cidade. De quebra, você ainda vê a “grande atração local”: a estátua da Pequena Sereia, conto de Hans C. Andersen, escritor local, que ise popularizou no filme da Disney.

20148319323_f523611a9a_z 20148250633_cd40ddbfd4_z

Andersen não foi o único a viver na cidade. Copenhagen também foi casa de outro habitante ilustre: o filósofo Soren Kierkegaard, que formulou conceitos que Freud parece ter pegado emprestado para psicanálise. Entre eles, o de angústia, a ansiedade inominável.

20146761934_ca4636289d_z

O Museu Nacional da cidade conta a história da Dinamarca, da pré-história aos vikings e reis. Você pode visitá-lo gratuitamente, o que é ótimo, pois o museu é lindo.  E faz parte do seu passeio comer os famosos sanduíches abertos dinamarqueses, o smorrenbrod São servidos em muitos lugares. Esses da foto foram a escolha do chefe no restaurante Brooklyn. Hummmmmm

20582550509_c1557c8de4_z

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s