Montreal – Dia 2 – CANADÁ

Montreal tem uma das maiores comunidades gays do mundo. A cidade e o povo canadense são afáveis com todos os tipos de particularidades. Então, é natural que todos se sintam bem no país.

A Gay Village de Montreal estende-se pela Rue Saint-Catherinne desde a Av. Papineau até a Place Émile-Gamelin. É bem grande. De manhã à noite, cafés, restaurante e lojas estão lotados, e a rua ainda fecha no verão para atividades diurnas e noturnas. Todas civilizadas e abertas à família.

O parque olímpico de Montreal também é algo a se ver.

A torre do estádio olímpico, que deveria abrigar escritórios, serve hoje como mirante para a cidade. O teto, que deveria ser retrátil, nunca funcionou.

Mas o velódromo tornou-se uma das atrações mais interessantes do Canadá: o Biodome.

Lá você passeia por 4 ecossistemas com seus devidos animais.

Pinguins

Lontras

Capivaras

Répteis e Aves

É programa de família, interessante pelo contato com biomas que não fazem parte do dia a dia do brasileiro. Sobrou tempo, volte para a antiga Montreal, pois as atividades no porto durante o verão.

Cirque du Soleil: onipresente nas cidades canadenses.

Se a noite for de verão, certifique-se se não haverá algum show de fogos da ponte da cidade.

Anoitece tarde em Montreal. Às 21h30, quando estiver praticamente escuro, parta para o local e acompanhe os focos como fazem os canadenses: de forma civilizada e tranquila.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s