Tel Aviv – Dia 2 – ISRAEL

Jaffa é uma pequena cidade ao lado de Tel Aviv que faz parte da mesma municipalidade. É visita obrigatória por sua linda arquitetura e suas ruelas cheias de restaurantes e galerias de arte. É longe para ir andando, então pegue um táxi e parta direto pra lá.

De Jaffa, aconselho a voltar andando para o centro  Tel Aviv passando por antigas e interessantes áreas da cidade.

Na subida para Jaffa, aos sábados, um mercado das pulgas vende de tudo. Nos bares ao redor, toma-se cerveja e chá gelado.

Mais adiante, a Hatachana é uma antiga estação de trem que, hoje, renovada, abriga galerias de arte, lojinhas, restaurantes e uma sorveteria ótima.

Seguindo em frente, continua-se andando por bairros e mais bairros sofisticados da cidade, que foram os primeiros bairros judeus, amplamente ocupados quando Hitler assumiu o poder na Alemanha. Foi a época em que a população de Israel aumentou significativamente.

O passeio por dentro da cidade, partindo de Jaffa, pode direcionar-se à prefeitura. Lá foi onde o premier israelense Issac Rabin foi morto por um fanático judeu após o discurso de paz em plena comemoração de estabelecimento amigável de fronteiras com a Jordânia. O local onde foi morto, as homenagens e os passos dos principais coadjuvantes do episódio ocorreido em 1994 estão lám marcados, lembrando a história recente do país.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s